Gabrielle Donovan

"Gabrielle"

Description:

Olhos: Vermelhos
Cabelos: Brancos, longos
Altura: ?
Peso: ?
Idade aparente: 21

Os ferinos olhos vermelhos, os lábios finos e o nariz afilado compõe o rosto habitualmente ocupado por expressões indiferentes de Gabrielle. Os longos cabelos lisos brancos alcançam o fim das costas e a pele é tão clara que permite ocasionalmente a visão de alguns vasos sanguíneos, embora isenta de marcas de qualquer gênero. O corpo perfeitamente modelado é esguio e cheio de belas e fartas curvas, um conjunto que concede uma aparência sensual e magnética, constantemente compensada por sua postura arredia.

Curiosidade: O albinismo, anomalia genética com a qual nasceu, a leva a sempre proteger sua pele sensível de queimaduras, usando roupas compridas, luvas e botas constantemente, até mesmo uma segunda pele com a mesma cor que a sua quando quer usar algo mais decotado ou curto. Nunca tira do pescoço o crucifixo que usa desde seus sete anos, sendo esta a única forma de lembrança que tem de qualquer fato anterior a essa idade. Apesar de sua personalidade arisca, assume uma atitude surpreendentemente amável diante de crianças. Suas noites são assombradas por pesadelos com o período de sua vida do qual não tem memórias e que não deseja recordar.

Atriz referência: Nastya Kusakina

Bio:

Sim, está bem, Monique. Você não vai parar de me aborrecer enquanto eu não fizer isso, não é?! Tudo bem, vou contar minha história.

Minha vida começou aos sete anos, quando conheci Ravel. Não lembro do período anterior e nele não tenho interesse. Sei apenas que desde quando minha memória alcança vivo no circo, com o mágico Ravel, o homem que me acolheu e cuidou de mim até que fosse totalmente independente, assumindo o papel de contorcionista entre meus colegas de trabalho durante o dia, e frequentando boates e/ou outras casas de dança ao longo das noites.

Por volta de meus doze anos, o circo fez sua passagem em uma pequena cidade no interior da Escócia, prolongando sua estadia motivado pela decisão de Ravel de contratar um professor particular para me ensinar inglês, já que até então eu apenas era capaz de falar francês, minha língua natal. O nome do professor era Darius e foi através dele que conheci uma entre pouquíssimas pessoas que posso classificar como alguém por quem tenho genuína consideração, a Monique. Desde então continuamos a nos comunicar por cartas enquanto eu prosseguia minhas viagens com o circo, vendo de tudo um pouco, as vezes mais do que desejei. Nunca tive oportunidade de me estabilizar em algum local e frequentar uma instituição de ensino, mas depois de ter sido aluna de Darius isso não mais me impediu de estudar.

Quando completou dezesseis anos, Monique, por mérito do seu incrível talento, foi convidada a juntar-se a uma escola de artes famosa através de uma bolsa de estudos. Escola essa que soava cada dia mais suspeita por suas cartas, quando me escrevia após começar a frequentá-la. Quando soube que ela precisava de mim, resolvi ajudá-la como podia, despreparada para o universo sobrenatural com o qual me deparei e mais ainda para o casamento e os quatro filhos da minha irresponsável amiga de apenas 16 ANOS.

Ao decidir ficar para cuidar das pobres crianças (dependendo daqueles pais…) foi que encontrei August, o cunhado mulherengo e leviano de minha amiga, a segunda pessoa a me consumir tanto tempo e a me conduzir em uma jornada inesperada e indelével entre mundos desconhecidos e até dentro de mim mesma.

Gabrielle Donovan

InterMundos Chronicles Ayesha